Como a inteligência artificial vem mudando os rumos da medicina

Você sabe como a Inteligência Artificial pode beneficiar a medicina? Confira agora mesmo a contribuição essencial da tecnologia na área da saúde humana.

Ao falar de Inteligência Artificial muitas pessoas já imaginam robôs – o que não deixa de ser um dos recursos disponíveis da área – mas é necessário entender que a Inteligência Artificial é muito mais do que isso.

A Inteligência Artificial, apontada como forte tendência tecnológica em muitas áreas, também já é uma realidade na medicina.

O uso da Inteligência Artificial pode até assustar e parecer algo futurista, mas ela já é responsável por promover muitas mudanças na área médica e já desenvolvida em projetos de grandes empresas como Intel, Microsoft, Google e IBM.

Entenda a seguir a importância da Inteligência Artificial no cenário da saúde, quais são os projetos que já existem e como ela ainda pode vir a impactar na medicina.

O que é a Inteligência Artificial na medicina?

A Inteligência Artificial na medicina é basicamente o uso de recursos, como o computador, para realizar uma compilação de dados, seguindo algoritmos que ajudam a nortear o processo de análise médica sobre diversas patologias.

Nesse sentido, a tecnologia da informatização auxilia a armazenar, recuperar e analisar dados a fim de identificar dados nas imagens, como lesões, exames radiológicos ou dados de dispositivos vestíveis ou corporais.

Além dessas melhorias, dados de pacientes também podem ser coletados diretamente de prontuários eletrônicos, que fornecem todas as informações necessárias já com as respectivas hipóteses de diagnóstico.

A importância da Inteligência Artificial na área médica

Sabemos que a inovação é uma palavra que ganhou muita força nos últimos anos e nas áreas médicas não seria diferente. Ela pode revolucionar atividades e inclusive melhorar a relação entre o médico e o paciente, tendo em vista que ela vai muito além da utilização de robôs.

Mas, antes de tudo, é necessário destacar que o objetivo da AI não é substituir os profissionais ligados à saúde, mas sim facilitar suas vidas. Ela auxilia em tomadas de decisão, e ainda podemos acrescentar que ela contribui para melhorar sua produtividade e potencial de trabalho.

Imagine ser possível realizar diagnósticos precisos em pouco tempo? Oferecer mais conforto aos pacientes e até tratamentos mais rápidos e indolores? São exemplos do que a AI pode proporcionar à sua clínica. Veja a seguir quais projetos e inovações já são realidades.

Como a Inteligência Artificial já pode contribuir com a medicina

Alguns sistemas já foram criados a fim de auxiliar nas melhorias. Como são os casos dos algoritmos, em um deles, pesquisadores nos Estados Unidos, Alemanha e na China, desenvolveram um projeto capaz de realizar o trabalho de analisar exames radiológicos de determinadas partes do corpo. Com a ferramenta é possível identificar características e encontrar alterações para chegar a um diagnóstico certeiro.

Outro exemplo é o algoritmo Watson, criado pela IBM. Ele auxilia no tratamento contra o câncer: o sistema utiliza conteúdos científicos e dados genéticos do paciente para indicar a melhor opção de tratamento, trazendo possíveis soluções oncológicas. E inclusive, o Hospital Mãe de Deus, de Porto Alegre – RS, foi o primeiro a utilizar e testar essa tecnologia na América Latina.

O TensorFlow, é outra tecnologia que se destaca: desenvolvida pelo Google, é um sistema que ajuda a identificar a retinopatia diabética, principal causa da cegueira em adultos. De acordo com um artigo do Journal of the American Medical Association, a AI conseguiu diagnosticar a mesma quantidade que oftalmologistas humanos. Mas como ele consegue isso? Examinando fotos da retina humana. O objetivo desse sistema, é que ele possa rastrear a doença em muitas pessoas e com facilidade.

A Inteligência Artificial pode envolver diversas etapas e competências necessárias no processo de diagnóstico, reconhecendo padrões e imagens, entendendo a linguagem do meio médico, compreendendo conteúdos para a partir disso sugerir decisões.

Além disso, a AI pode ser utilizada de outras maneiras dentro do âmbito da medicina. E falando em tecnologia, existem sistemas de gestão ideais para realizar um gerenciamento de uma clínica médica com excelência, atendendo todas as suas necessidades rotineiras.

Desafios encontrados no Brasil

Um grande desafio encontrado pelos desenvolvedores brasileiros é caracterizar de forma assertiva os pontos que mais necessitam de tais sistemas.

Em centros como o Hospital Albert Einstein Brasil e Hospital Mãe de Deus, existem avanços em relação ao uso da Inteligência Artificial, mas apesar disso, essa tecnologia ainda pode demorar para se expandir no país.

O lado positivo, é que empresas como a Microsoft, se unem a instituições para ajudar a saúde e aos profissionais. No Brasil, em parceria com o Hospital 9 de Julho, a Microsoft desenvolveu um sistema através da Inteligência Artificial para prevenir quedas de pacientes: ele opera 24 horas por dia e emite um alerta quando identifica riscos.

O que ainda esperar

Quais são as previsões da AI para o futuro da medicina? Você arrisca um palpite? Se você também tem dúvidas quanto a esse futuro e quer saber o que você enquanto profissional pode esperar e como se preparar, nós buscamos algumas respostas.

A expectativa para o futuro é de que a Inteligência Artificial evolua para tornar a medicina cada vez mais preventiva, minimizando possíveis sofrimentos por parte dos pacientes, reduzindo custos e riscos na área da saúde. Ela não substituirá os médicos e irá muito além dos robôs, trabalhando para capacitar ainda mais os profissionais.

Também ficará muito mais fácil acompanhar a evolução dos quadros clínicos com uma definição e precisão muito maior dos tratamentos e diagnósticos, viabilizando a cura da patologia.

Ainda, há uma expectativa de otimização na resolução de casos mais simples, dando ao médico a liberdade de trabalhar com mais tranquilidade em diagnósticos mais complexos, que exigem maiores trabalhos e esforços.

A tecnologia é fascinante, não é mesmo? Com os avanços da Inteligência Artificial, o uso da inovação na medicina fica cada vez mais importante, afinal, tudo o que médicos e pacientes esperam é a precisão e a resolução dos problemas.

Já que falamos sobre inovação e tecnologia, aproveite para conhecer nosso software, o Medicine Dream e veja o que podemos fazer por você!